Dias úteis: 09h às 20h | Sábados: 10h às 18h 913 400 204 geral@recriarsentidos.pt

Comecei a ser acompanhada no início do mês de novembro de 2018 e hoje dia 7 de Maio de 2019, passados apenas 7 meses de auxílio já vou ter alta, com isto considero ser um caso de sucesso. Procurei ajuda por me sentir desorientada, triste, com baixa auto-estima e perdida no mundo universitário/trabalho. Tinha entrado no curso que pensava ser dos meus sonhos, mas rapidamente percebi que não era aquilo que queria e desisti. Ao ver todos os meus amigos na faculdade os meus pensamentos negativos começaram a ser predominantes no meu dia a dia e não sabia o que queria fazer do meu futuro. Com a terapia aprendi técnicas que me ajudaram a suavizar a minha situação. Comecei por aprender o A-B-C, em que o  A corresponde aos acontecimentos, o C as emoções/comportamentos e consequentemente o B ao pensamento que surgia perante a situação que no levava a sentir determinada emoção e, muitas vezes das vezes, os meus pensamentos eram negativos e aprendi a substitui-los por pensamentos alternativos positivos.

Depois, aprendi procedimentos para relaxar devido ao nível de ansiedade que eu demonstrava ter. Conheci a técnica da respiração diafragmática e o relaxamento muscular progressivo. De seguida, descobri que existe4m distorções cognitivas, por exemplo a catastrofização que é quando aumentamos a gravidade das coisas, o pensamento dicotómico que corresponde ao pensamento de tudo ou nada e a sobregeneralização que é quando através de um incidente generalizamos para outras situações.

Já quase no terminar da terapia falamos também sobre métodos de estudo porque estou a fazer um curso de apenas 11 meses muito dirigido ao mundo do trabalho.

Para terminar abordamos maneiras de como prevenir uma recaída ou no caso dela acontecer como atuar.

Agradeço á psicóloga que me seguiu, Dra. Patrícia Pereira. Pela excelente profissional que é.